POEMAÇÃO

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

terça-feira, 29 de maio de 2018

Marcha dos bons

Nova música que eu lanço de forma introdutória só a versão instrumental, numa época em que surgem tantos salvadores da pátria e que o Brasil vive um tenebroso retrocesso, com o avanço da extrema direita, essa é a Marcha dos bons, aqueles que tem tudo a perder e nada a ganhar. 






Licença Creative Commons
Marcha dos bons de Ajax Virgolino está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://ajax-xaon.blogspot.com/.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

LANÇAMENTO DA MÚSICA "CRIAR E BRINCAR"

    Tudo começou com uma troca de mensagens minhas com um músico na rede N1Music e ele comentando que parecia que eu fazia música brincando então pensando sobre o assunto decide levar ao pé da letra e fui criando a letra a partir de coisas do meu cotidiano num jogo que remete a brincadeira daí surgiu "Criar e brincar" essa música que se diz um regaae, mas com um alma fortemente jazzística.Por uma feliz coincidência meu aniversário é no mesmo dia do de Bob o Marley e essa é uma homenagem a essa grande figura que lançou o movimento reggae nos píncaros da glória, axé babá.
  Comunico aos interessados músicos que existe uma nova plataforma para músicos independentes compositores que dispensa intermediários e paga o músico instantaneamente com um simples play, você recebe seus créditos na cryptomoeda musicoin. Quem são esses intermediários? As gravadoras, os aplicativos de streaming etc (Spotify, Deezer, Google music, I Tunes)(Record Union, Cd Baby)que ficam com a parte do leão, essa plataforma usa tecnologia Blockchain que registra imediatamente o que é colocado nos blocos, o site é musicoin.org, existe duas opções de registro: Como ouvinte e como músico nesse caso você tem que mostrar suas atividades musicais suas produções, sites, blogs, página no facebook, soundcloud entre outros.
    O jogo é uma das poucas coisas que não é uma atividade criada pelos humanos, os animais jogam, e no meu caminho atual estou procurando uma relação com a música que me remeta aos impulsos mais primitivos e tribais, então a opção pelo acaso que o jogo proporciona é a metodologia que necessito para alcançar minhas finalidades artísticas é como diz na músico " e eu do meu lado, num jogo bizarro só pra manipular os sons". Viva a música, viva a vida, viva a folia do amor.


Licença Creative Commons
O trabalho Criar e brincar de Ajax Virgolino está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

A mão esquerda da escuridão- Ursula K. Le Guin

Um livro feito a mais de 50 anos, em um planeta distante onde as distinções de gênero habituais não se aplicam. Boa Leitura. A mão esquerda da escuridão

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

LANÇAMENTO DA MÚSICA NEGO D'ÀGUA

Licença Creative Commons

O trabalho Nego D'agua de Ajax Virgolino///Ledo Ivo está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.


Poemação tem o prazer de apresentar minha nova criação musical, inspirada no poema do Escultor Ledo Ivo. Nego d'água é um frevo marchinha que eu fiz o arranjo usando quinteto de metais acompanhado pelo violão e bateria.
O personagem é um ser mítico que faz parte do imaginário dos pescadores  ribeirinhos do médio São Francisco,  que pode aterrorizar as embarcações e seus viajantes como também seduzir mulheres e incautos, talvez possamos fazer uma analogia com Baco pois o neguinho é chegado a uma festa muita música e bebedeira, batuque e não dispensa uma liamba.
Na letra da música o personagem central encarna exatamente  o espirito do Nego d'água, é um ser rebelde que perde o controle e age de forma violenta, propenso a destruição mas com grande poder de criação se lhe derem chance, esta louco pra sair, fumar cheirar, dançar, vibrar e viver, segundo o filósofo só na ante sala da morte é que a vida começa a valer a pena, segura o nego pois pau que dá em doido é pau que da em nego, e ele é preto ruim, saiu pra se esbaldar lá pros lados do  Angarí, dizem que esta formando um bloco "Cordão do Surubim" muita cachaça, maconha, e outros entorpecentes, musica ligeira pra ninguém ficar parado e as  famosíssimas lanças -perfumes aquelas da Rodoro de metal prateadas e ouro, não é purificador de ambiente não.
Nos anexos do post disponibilizo a partitura do arranjo da música em formato pdf e adicionarei também o mp3 . E porque não falar em festival, a vida não se resume em festivais, alguns amigos me cobraram porque não botar no festival, olhe bem já fui diversas vezes jurado aqui  em Juazeiro e Petrolina sei como funciona as coisas, acho que festivais desse tipo para fomentar a cultura é uma fórmula ultrapassada e démodé como a própria palavra, eu tenho meus próprios canais de divulgação do meu trabalho, Number OneMusic,  Youtube. Spotify, I Tunes etc, inclusive outro dia recebi um -email de uma gatinha nos states Pearl que me perguntou o link pra comprar minha música no I Tunes...issso é bom quem pode pode, quem não pode se sacode, mas também perguntando a alguns músicos amigos todos dizem que já sabem quem vai ganhar??? E também essas prorrogações de inscrição são suspeitas, afinal todos sabiam das datas que foram divulgadas, é isso acho que já explicitei bastante o lançamento. Preciso de uma cantora urgente.
Mato a cobra e mostro o pau!!!! olhe aí meus fan clube...
Partitura Nego D'água

Para os interessados em música a partitura para quinteto de metais e acompanhamento de violão e bateria.




     

segunda-feira, 31 de julho de 2017

TRIBUTO A BEBETO ASSIS








POEMAÇÃO tem o doloroso dever de comunicar a todos que nosso querido artista plástico Bebeto Assis o poeta das cores e das formas partiu em sua viajem rumo ao éter, um garoto de origem humilde que deu seus primeiros passos na construção de sua intelectualidade lendo a Bíblia, que fazia tudo com extrema paixão, tanto que quando envolvido pelo protestantismo tentou parar o carnaval de Salvador com uma Bíblia na mão e só parou essa empreitada impossível quando na ladeira da montanha uma senhora gorda abriu as pernas para ele e disse -ei menino venha aqui chupar minha buceta, me contou ele aos risos.
Comecei minha aproximação com a arte através do teatro Grupo Diagnóstico de artes, mas teatro vive de bilheteria e alguns patrocínios mas tudo mixaria, foi com Bebeto esse operário das artes que eu vi a grana correndo solta contratos com prefeituras sempre com valores de dois dígitos...foi com Bebeto que eu ganhei minha primeira grana como músico compositor e artista, ele precisava de um samba enredo por motivos contratuais e então com os dados que tinham que aparecer na música ele distribuiu para as pessoas que tinham costume de fazer isso em Juazeiro, assim nos conhecemos... eu sonhei com o estribilho e cantei para ele que imediatamente aprovou, nunca tinha visto tanta grana, foi uma loucura total tomamos banho de champagne e cerveja, fechamos bares e queimamos dinheiro porque para criatividade não existe limite. Lancei meu primeiro álbum Séries- A revolução na roça em conjunto com Bebeto que fazia uma exposição no Centro de Cultura de Juazeiro com quadros abstratos, eu dodecafonismo e ele abstracionismo com forte influencia de gesto motor de Pollock, era diferente dos quadros de Mussorgsky que fez peça de piano "Quadros de uma exposição" em homenagem ao amigo pintor e arquiteto recentemente falecido, fizemos a cover art juntos, foto de um dos quadros dele mais o quadrado mágico dodecafônico sobreposto.Quando nos conhecemos aquele jovem artista me impressionou tanto que depois de uma bebedeira homérica levei-o para dormir na minha casa.
Bebeto pintava anjos e querubins com um grande talento renascentista, seus  pierrots e arlequins, Santo Antonio e São José fizeram a alegria de muitas festas das cidadezinhas do interior.
Bebeto esse operário da arte, criou seus filhos e família com dignidade e foi digno da admiração de todos aqueles que o conheceram, dominava toda a instrumentalização necessária a sua arte e ao longo do tempo foi desenvolvendo um profundo conhecimento teórico de estética e história da arte dando sua contribuição como professor em diversas escolas(Pequeno Príncipe escolas estaduais)sempre foi capaz de justificar suas ideias artísticas e indentifica-las  dentro das diversas correntes artísticas, nada mal para um garoto que poderia ser cantor possuidor de potente voz de barítono que um dia no passado esnobou uma proposta do ainda desconhecido Carlinhos Brown que foi lá na Liberdade convidá-lo para participar de sua banda... 

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

CANÇÃO DESESPERADA

     O povo brasileiro anda muito desesperado, vendo todas as estruturas a sua volta ruir, suas instituições sob fortes suspeitas de envolvimento em tenebrosas falcatruas, feitas por aqueles que deveriam honrar a republica pois são aqueles privilegiados com seus altos salários e aposentadorias especiais que usufruem da riqueza de todos se escorando junto a elite empresarial, fraudando licitações e recebendo benesses. Essa é uma canção para as minorias marginalizadas, para aqueles que perderam alguém para a violência cotidiana, para o povo pobre de cultura, conhecimento e prazeres. Essa música é para vocês.  Decidir publicar minhas músicas com tratamento mínimo de estúdio só voz e violão e algum outro instrumento para arranjos simples, a intenção é documental e para aqueles que exigem qualidade profissional de áudio o remédio é esperar pelo lançamento do futuro cd PROJETO (o) no Spotify e outros Streaming de áudio .


CANÇÃO DESESPERADA


Onde estar o amor

que você falou

onde estar a paz

isso tanto faz

pra vencer a dor

isso não se faz

a vida é mesmo assim

oh meu amor

por isso muto cuidado

há um predador do lado

a evolução que se faz sentir

a vida é mesmo assim

prossiga sempre na sombra

sem chafurdar na lama

abismos que não tem fim

a vida é mesmo assim

a hora é sempre o agora

a historia é sempre a mesma

você cresce, envelhece e enfim

a vida é mesmo assim

Nenhum deus, além desse universo

e até no multiverso vai poder te ajudar

se segue então a lei da besta fera

e junto nas galés banquetear

se gostar não vai sobrar

desejou tem que pagar...porque

pau que dá em nego é pau que dá em doido

pau que dá em doido, pau que dá em doido-bis

e em nenhum lugar você é ser star

você também poeira de estrelas

neutrinos e fótons em fuga de luz

Quando é que vai chover?

Que dia que chove?

Se vai me amar? Não demore

se vai morrer, que dia que morre?

Se vai chorar, retire o bigode





Licença Creative Commons
Canção Desesperada de Ajax Virgolino está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Estudo nº 2 Francisco Tárrega

     Continuando com a vocação tutorial em arte de POEMAÇÃO apresentamos a partitura com tablatura do Estudo nº 2 de Tárrega, este estudo apresenta pouco graus de dificuldade. No tom de mi menor sua estrutura rítmica é formada por quiálteras de colcheias em arpejo dos acordes num compasso ternário acompanhados por bordões de minimas pontuadas em um andamento Andantino um pouco mais rápido que o Andante. Sua estrutura é composta de duas partes que se repetem terminando o estudo com um acorde composto de harmônicos naturais no décimo segundo traste. Bons estudos.






segunda-feira, 25 de julho de 2016

Estudo nº1 Francisco Tárrega

     Conforme o anunciado em outro post estamos disponibilizando alguns métodos para violão clássico, o formato será jpg(imagem) com acompanhamento de um arquivo mp3 referente a cada estudo. Começaremos com os 12 estudo de Francisco Tárrega. O número 1 é um estudo em tercinas ou quiálteras, compasso quaternário, andamento=andante, a melodia tem duas partes que se repetem e a digitação da mão direita se repete na sequencia polegar, indicador, médio e anular. A partitura vem acompanhada de tablatura para facilitar a aprendizagem. Bons estudos.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

QUEBRANDO O SILÊNCIO

                     Visite #poemaçãoPOEMAÇÃOpoemação# aqui você encontrará cultura, arte, entretenimento e noias...Estaremos a partir de agora disponibilizando links para livros, filmes e músicas. Começaremos pelo escritor baiano João Ubaldo Ribeiro no livro "Um brasileiro em Berlim"coletânea de crônicas feitas pelo escritor para o jornal alemão Frankfurter Rundschau que começou a publica-las mensalmente numa coluna que criaram para o João. Nessas crônicas João Ubaldo fala de suas vivências com sua família em Berlim a convite do serviço de intercambio acadêmico de Berlim para artistas residentes, com sarcasmo bastante humor já peculiar ele faz um relato atemporal desmistificando os preconceitos existentes entre os dois povos.









                   POEMAPRADADY


perguntei a meu filho autista
com quem ele queria ir para o inferno
Michael Jackson
Bruce Dickinson
ou Luiz Caldas
ele respondeu
com Bruce Dickinson
perguntei a meu filho louco
com quem ele queria morrer
se com Michel Foucault
Nietzsche ou Immanuel Kant
e ele ficou calado
pro inferno ele quer ir 
mas morrer... não



Licença Creative Commons
poemapradady de Ajax Virgolino está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

EU E BOB MARLEY

     





   Hoje é um dia especial, pelos menos para mim que estou vivendo o meu natalício, dia muito especial mesmo (06)seis de fevereiro de 2015 dia do aniversário de Bob Marley,grande músico responsável pelo crescimento vertiginoso do reggae  e sua popularização por todo o planeta, assim como fez "nosso" João Gilberto criador de umas das batidas da bossa nova e interprete maior do estilo ao violão.
   Falando de comemorações, os 30 anos de axé music tem fortes ligações com o reggae ambos os gêneros musicais são dançantes se espalharam velozmente e se internacionalizaram. Claro que o reggae surge da luta do povo oprimido da Jamaica, como trilha sonora do movimento rastafari, movimento religioso que através de Bob teve sua plataforma de luta divulgada pelo mundo, enquanto o axé transitou numa miscelânea de ritmos afros latinos para a satisfação dos foliões do carnaval baiano focado em blocos e nos trios elétricos e uma elitização crescente da alegria.
   Com mais de 75 milhões de discos vendidos, Marley focou seu trabalho na luta dos pobres e oprimidos, nas questões sociais, busca da paz,libertação e resistência, sua morte precoce fruto de um fundamentalismo que o impediu de cortar o mal pela raiz(amputar dedo do pé), não o impediu de deixar para posterioridade uma obra musical de primeira, com sucessos como: I shot the sheriff, No woman no cry (gravada a versão por Gil), Get up,Stand Up, Redemption Song, Kaya e muitos outros. Quanto a mim, compartilho com Marley a música e o amor pela liberdade a busca de um desenvolvimento sustentável e harmônico com a natureza, um mundo mais humano e igualitário sem falar no uso sacramental ou não da Kaya, Ganja, cabeça de nego. 
   No mais hoje em dia me identifico com Marley o cachorro adotado por um casal de jornalista no filme "Marley e eu" comédia dramática dirigido por David Frankel, onde um cachorro de nome Marley em homenagem a Bob mostra-se incorrigível e incapaz de ser adestrado, e' a recusa em encostar em árvore que dá sombra, vamos seguir pelos caminhos de espinhos, como Sade, a incompreensão matuta das regras óbvias da nossa natureza social: escravidão e submissão ao poder, pavor da educação, da religião vivendo em uma misantropia crescente vou andando deprimido e assustado enquanto seu Lobo não vem, nem a deusa Kali, sendo assim agradeço aos meus pais a glória de me lançarem nesse mundo de feras.